PUBLICIDADE

Topo

Histórico

Dos eSports até o filme do Sonic: como o coronavírus está afetando os games

Victor Bianchin

28/02/2020 16h00

Então quer dizer que você achava que este blog só tinha piada ruim e histórias vexaminosas da Sega?

Pois você achou certo.

Mas interrompemos nossa programação normal para falar do assunto do momento: o novo coronavírus, que causa a doença covid-19. Este novo agente viral, que já matou quase 3 mil pessoas em todo o mundo e acabou de ter seu primeiro caso confirmado no Brasil, está estendendo sua influência para muito além da área epidemiológica.

É hora de ver como a maior epidemia dos tempos recentes está afetando a indústria dos games.

1) Ele pode atrasar a chegada do PlayStation 5 e do Xbox Series X

O banco de investimentos independente Jefferies Group lançou um comunicado no começo de fevereiro dizendo que a fabricação dos novos console de Sony e Microsoft pode ser afetada pelo vírus. Isso porque a epidemia está fazendo com que várias fábricas de eletrônicos na China tenham paralisações ou quarentenas. Praticamente 100% do hardware dos consoles é produzido na China.

"O setor de videogames está atualmente produzindo, ou começando a produzir, uma mudança geracional de produtos que acontece apenas uma vez a cada vários anos e está prevista para a época de festas de 2020", disse o comunicado. "Se as paralisações excederem um mês, o calendário dos games será atrasado. Os novos consoles podem sofrer problemas de fornecimento se ocorrer um disrupção prolongada na jornada para seus lançamentos planejados para o outono".

A "época de festas" no Hemisfério Norte começa em novembro com o Dia de Ação de Graças e o outono deles é a partir de setembro. É a época prevista para a chegada do PS5 e do Xbox X.

2) Ele já está atrasando o fornecimento do Nintendo Switch

No dia 6 de fevereiro, a Nintendo publicou um comunicado em seu site dizendo que, devido à epidemia, atrasos serão "inevitáveis" para o fornecimento do Switch e de seus periféricos no mercado japonês, embora não tenha determinado o quão longos eles serão.

"Continuaremos trabalhando para entregar os produtos o mais rápido possível, prestando muita atenção aos efeitos da nova infecção por coronavírus, e esperamos sua compreensão", conclui o breve comunicado.

3) Ele está causando o cancelamento de eventos de eSports

Vários eventos de eSports na Ásia foram cancelados devido à epidemia. Tanto a liga principal quanto a de segunda divisão de League of Legends na China foram canceladas, com a Riot justificando que o motivo é garantir a segurança dos jogadores. Elas deveriam ter começado em fevereiro. Já a liga coreana de LoL está sendo realizada, mas sem a presença do público.

Quarta-feira, dia 26, a Riot também anunciou que irá adiar os anúncios sobre data e local do Mid-Season Invitational por causa do vírus.

Já a liga de Overwatch na China, que deveria estar rolando de fevereiro a março, também foi suspensa. Dois dos times locais, o Shanghai Dragons e o Guangzhou Charge, anunciaram também que estão mudando sua base de operações para a Coreia do Sul.

O WESG (World Electronics Sports Games) é um evento que reúne torneios de vários jogos, como DotA 2 e Counter Strike, e suas finais deveriam acontecer em março em Macau, na China, mas foram suspensas. Com esse adiamento, o braço latino do evento, WESG LATAM, que aconteceria em fevereiro, também não rolou.

O Hong Kong Pokémon Championship, torneio de lutas dos treinadores de monstrinhos no distrito controlado pela China, foi cancelado completamente. Há chances de que seja remarcado.

Por fim, o campeonato de PUBG que ocorreria em Berlim em abril foi adiado e a data nova não foi redefinida. Mesmo com a cidade europeia não sendo o epicentro da epidemia, a preocupação naquele continente é crescente. "A saúde e a segurança de nossos jogadores, fãs e funcionários é uma prioridade no momento", disse a PUBG Corporation em um comunicado.

4) Ele influenciou o lançamento do novo update de Free Fire

Jogadores do mundo todo aguardaram ansiosos pela atualização OB20 de Free Fire, que chegou finalmente no dia 25 de fevereiro e trouxe novidades como o novo mapa Kalahari, a nova personagem Steffie e novos equipamentos e armas.

O update deveria ter saído na segunda semana de fevereiro, mas acabou adiado para a última. Segundo um tweet da conta oficial brasileira do Free Fire, "a situação atual na China" foi um fator que pesou na demora.

5) As empresas de games estão cancelando aparições em eventos

Pelo menos dois grandes eventos de tecnologia foram afetados pelo coronavírus. A feira PAX East, que começou ontem, 27/2, e vai até domingo, terá presenças menores do que o planejado para Capcom e Square Enix. A Square decidiu não enviar seus funcionários para evitar colocá-los em perigo. A Capcom não especificou motivo.

Já a GDC (Game Developers Conference), que acontece entre os dias 16 e 20 de março, perdeu as presenças de Facebook/Oculus, Sony/PlayStation, Kojima Productions, Electronic Arts, Epic Games e Microsoft – todas por motivos relacionados ao vírus. O evento também vetou a presença de visitantes da China e obrigou os expositores chineses (10 empresas das 550 presentes) a ter um representante americano na delegação.

6) O vírus adiou o filme do Sonic no mercado chinês

E a notícia mais chocante, angustiante e revoltante de todas é que o coronavírus atrapalhou o filme do Sonic!

O lançamento do longa-metragem nos cinemas chineses foi adiado indefinidamente, já que várias salas de exibição estão com as portas fechadas nesses tempos de epidemia.

Aliás, o impacto na indústria cinematográfica está sendo gigantesco. Segundo dados do Screen Daily, o período de Ano Novo Chinês (24 de janeiro a 12 de fevereiro) rendeu este ano apenas US$ 3,9 milhões, o que representa uma queda de 74% na renda em comparação com o mesmo período do ano passado. Ou seja: mais de 1 bilhão de dólares que não foram arrecadados com bilheteria por causa do coronavírus.

Outros títulos adiados no mercado chinês são Mulan, Jojo Rabbit e Adoráveis Mulheres.

"Devido à atual situação do coronavírus, a data de lançamento na China do filme Sonic será adiada. Nós anunciaremos a nova data de lançamento em uma data futura", disse um representante da Paramount, distribuidora de Sonic – O Filme. "O Sonic só vai diminuir seu ritmo temporariamente. Nós estamos ansiosos para trazê-lo à tela grande na China assim que seja apropriado fazê-lo", completou.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Sobre o Autor

Victor Bianchin é jornalista, já foi editor da revista Mundo Estranho e escreveu um almanaque de games. Ele tem um Rush de estimação e considera a técnica do button mashing algo subestimado.

Sobre o Blog

Em Control Freak você vai ficar por dentro das curiosidades, bizarrices e polêmicas saudáveis do universo dos games.