Topo
Control Freak

Control Freak

Categorias

Histórico

Os 10 simuladores de namoro japoneses mais malucos que existem

Victor Bianchin

04/09/2019 08h00

Simuladores de namoro existem no Japão desde os anos 80 e sempre foram uma maneira para aquela sociedade conservadora encontrar alívio das aflições sociais. A popularidade desse tipo de jogo no país é tão grande que tem gente que efetivamente prefere os companheiros virtuais às pessoas reais.

Com o surgimento dos smartphones, os dating sims se espalharam pelo mundo e, hoje, é possível acompanhar de perto os mais populares na terra do Sol nascente. E é claro que não faltam bizarrices!

1) Case com sua namorada alpaca em PacaPlus

Quem não ama alpacas, não é mesmo? Kazuma Saeki, o protagonista de PacaPlus, é um fã inveterado desses animais fofinhos, tanto é que ele chama sua namorada, Yukari Izumi, para visitar um zoológico só de alpacas.

No dia seguinte, porém, algo estranho acontece: Kazuma agora enxerga Yukari como se ela fosse uma alpaca! O resto do mundo ainda a vê como um ser humano, mas, aos olhos de Kazuma, a criatura que ele beija e abraça se transmutou num quadrúpede da região dos Andes.

A partir daí, a história se desenvolve como tradicionalmente num anime tipo "slice of life", com a diferença que o interesse amoroso do protagonista é uma alpaca. Dependendo das suas decisões, dá até para casar com ela – como humana ou como alpaca, você escolhe.

2) Conquiste pedaços de carne em The Bacon Lettuce Biographies

Este é o único game da lista em que o romance é gay – isto é, se você aceitar que os outros garotos que seu personagem pode namorar têm o formato e o nome de pedaços de carne.

São seis candidatos, entre eles "Filé" e "Atum". Como o jogo está inteiro em japonês (e pode ser baixado de graça), não sabemos exatamente como são os diálogos, mas este vídeo do YouTube mostra que o final ruim tem alienígenas, portanto nós do Control Freak damos para este jogo a nota 10 de 10. Afinal, não tem como um jogo em que você namora carne e encontra alienígenas ser ruim.

3) Hatoful Boyfriend e o apocalipse dos pombos

Você é a única garota humana que sobrou no Japão após algum evento apocalíptico que transformou todo mundo em pombo. A sociedade, porém, continua funcionando e você precisa ir à escola, trabalhar e realizar atividades junto da pombarada.

Seu objetivo é estabelecer relações com todos os pombos – para platinar o jogo, é preciso namorar todos eles. Mas as coisas podem dar errado também e, caso você descubra demais, os pombos podem ir até a caverna onde você mora e te matar durante a noite.

Hatoful Boyfriend tem pombos lutadores, pombos empreendedores, pombos motoqueiros, pombos carteiros, pombos punk e muitas outras variedades. Seu coração irá bater mais forte por todos eles. Você nunca mais vai olhar para um pombo da mesma maneira.

4) Namore uma impressora em Brother Falls In Love!

Este jogo de 2013, não surpreendentemente, foi desenvolvido por uma fabricante de impressoras japonesa chamada Brother. Você é uma colegial cujo único objetivo é conquistar o coração do novo aluno da escola: uma impressora chamada Bro-dan.

O game foi criado com o único objetivo de promover a impressora e não tem muita interatividade – você basicamente fica clicando para o diálogo avançar, sem poder ter opções. Mas hey, no final você pode conquistar sua impressora dos sonhos!

Se você souber ler na língua japonesa, dá para jogar online.

5) Compre um ukulele para o tiranossauro em Jurassic Heart

Você, uma estudante colegial muito dedicada, incentivou seu amigo Taira a tocar ukulele num show da escola. Só que Taira acidentalmente derrubou o instrumento e vocês precisam comprar outro. Esse é o começo de uma linda história de amor.

Só tem um detalhe: Taira é um tiranossauro. Em Jurassic Heart, você precisa conquistar esse predador do Cretáceo que tocou seu coração. É preciso ir até a loja comprar um ukulele novo e escolher as opções de diálogo certas para que Taira queira sair com você depois.

Se tudo der certo, Taira irá fazer uma serenata no parque para você no final. Sucesso!

6) Conquiste sua amiga de infância, um grilo, em Kokonoe Kokoro

Você é Ichitarou, um estudante que é amigo de infância de Kokoro, uma menina com uniforme de marinheiro e corpo de grilo (porém com peitos). Não é a única personagem estranha de Creature To Koi Shiyo! Kokonoe Kokoro: sua irmã é um morcego, seu amigo Masato é um demônio e o professor da escola parece o Nemesis, de Resident Evil 3, só que gordo.

Logo no começo do jogo, Kokoro vai passar uma noite na casa de Ichitarou e o garoto acidentalmente a vê sem roupa. Daí para frente, é uma chuva de cenas constrangedoras e de monstros fazendo coisas estranhas.

Vale a pena jogar o jogo nem que seja pela cena do beijo no final:

7) Seu namorado é um cavalo (literalmente) em Uma No Prince-Sama

Uma No Prince-Sama não deve ser confundido com Uta No Prince-Sama, um jogo normal. O risco de confundir os dois é que Uta é sobre uma garota que entra numa escola de música enquanto Uma é sobre uma garota que quer namorar um cavalo com cabeça de homem.

Basicamente, sua personagem em Uma visita uma fazenda e acha Yuuma, o tal cavalo. Na verdade, Yuuma é só um cavalo normal – você enxerga ele com uma cabeça humana porque você nasceu no ano do boi e, segundo a lógica do jogo explicada por um fazendeiro, mulheres nascidas no ano do boi, quando ficam estressadas, veem cabeças de homem nos cavalos. Uma maldição bastante específica, a gente diria.

A partir daí, o jogo oferece uma série de minigames para que você melhore seus laços com o cavalo, o que inclui alimentá-lo com cenouras, fazê-lo correr numa esteira e ensiná-lo a cortar vegetais.

8) Prove seu amor a uma cabeça senciente em Tomak: Save The Earth Love Story

A história deste jogo é bem maluca: os deuses estão bravos com os humanos porque acham que não existe mais amor na Terra e pretendem destruir o planeta. A única deusa que se opõe a essa medida é Evian, a deusa do amor, que resolve descer à Terra para provar aos outros deuses que, sim, os humanos ainda podem amar. Infelizmente, os deuses só permitem que a cabeça de Evian desça – o resto do corpo fica para trás.

A cabeça de Evian é colocada num vaso de planta e você precisa cuidar dela. Isso inclui alimentá-la, beijá-la, realizar atividades (como colocá-la para cantar) e outras amenidades. Se você conseguir demonstrar seu amor o suficiente, os deuses poupam a Terra e você consegue ver Evian de corpo inteiro.

9) Namore velhinhas bombadas em Junai Baba

Junai Baba Gakuen Tenkosei wa Hyakuman-sai se traduz para "Academia das Mocréias do Puro Amor – O Estudante Transferido Tem Um Milhão de Anos de Idade". Com esse nome, você já sabe que não tem como ser ruim.

Mais uma vez, você é um estudante colegial que precisa cortejar pretendentes. O diferencial é que as quatro possíveis namoradas são todas velhinhas mega-musculosas, sendo que uma delas é alienígena e parece ter vindo de Namek, o planeta do Piccolo de Dragon Ball.

Se você já achou muito, então nós imploramos a você que veja o trailer abaixo.

10) Namore a sujeira do seu ralo em Aka No Prince ~Koi no Jintai Rensei~

Nós nos identificamos muito com a protagonista deste jogo, Yoshiko, uma mulher que mora sozinha aos 33 anos e cujos passatempos incluem cantar metal no chuveiro.

Um belo dia, ela descobre em sua banheira Kōtarō, uma criatura rosa que nasceu a partir da sujeira de seu próprio corpo. A partir de agora, é trabalho de Yoshiko cuidar de Kōtarō para que ele possa crescer e desenvolver seu potencial.

E que potencial! Kōtarō evolui como se fosse um pokemon. Ele passa de uma ameba para uma bolinha, depois para criaturas cada vez mais complexas e, no final, vira um príncipe. Aliás, a tradução do nome deste jogo é "príncipe imundo".

Ah, e ao longo do jogo, você recebe conselhos do Sr. Ralo:

Quem acha que vai chegar aos 33 namorando com a própria sujeira e falando com o ralo põe o dedo aqui.

Sobre o Autor

Victor Bianchin é jornalista, já foi editor da revista Mundo Estranho e escreveu um almanaque de games. Ele tem um Rush de estimação e considera a técnica do button mashing algo subestimado.

Sobre o Blog

Em Control Freak você vai ficar por dentro das curiosidades, bizarrices e polêmicas saudáveis do universo dos games.